Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
mariaalicefrancis

Como Saber Se A Franquia Que Você Quer Abrir é Uma Furada

Sugestões Para Manter O Foco Em Progresso Online


SÃO PAULO - A ausência de planejamento e de entendimento adequado representam a segunda superior circunstância de fracasso entre empresas do comércio eletrônico, motivando 27% dos fechamentos. As informações são da Pesquisa Nacional do Varejo Eletrônico, consumada pelo Sebrae e na E-commerce Brasil no meio do ano passado, com mais de 2.700 entrevistados. Pra não fazer porção dessa estatística, é preciso tomar alguns cuidados pela hora de começar o negócio.


Multicoisas Revê Expansão Pra Preservar Crescimento especialista em e-commerce e criador do Ecommerce pela Prática.com, Bruno de Oliveira, o começo é a toda a hora mais complicado. “Uma vez na web, não basta formar um web site e colocar os produtos à venda. Antes de tudo, é necessário apostar no planejamento e entender super bem a concorrência”, explica.


     
  • Você poderá trabalhar em casa porque pode usar o Skype pra conceder aulas de música

  •  
  • 65 11 "Balancinho - Duelo" treze de maio de 2015

  •  
  • 13 — Aposte no poder da amizade (e do boca a boca)

  •  
  • dez - Qual é o valor da taxa de propaganda



1. Não perceber teu nicho de mercado: para adquirir sucesso, é preciso focar em um setor e resolver os defeitos nesse segmento. “Analise o mercado e encontre o que ele dá e o que ainda não fornece, para enxergar onde você poderá se mostrar. Navegar muito pela web e ouvir as opiniões e queixas dos clientes desse setor são meios que ajudam a acertar”, diz ele.


“Há formas de facilitar a tarefa de escolher sua área de atuação, que não é sempre que é tão acessível. Abrir um e-commerce conectado a um hobby pessoal ou a uma questão que neste instante tenha feito no passado pode ser uma sensacional dica para essa questão. O Que é, Conceito E Tudo Que você deve Saber , é claro, somente se reconhecer com uma determinada área não basta pra ter sucesso, é necessário se aprontar, se profissionalizar”, explica. 2. Tratar o negócio como uma “lojinha de internet”: Oliveira explica que é necessário ser pró-dinâmico, “se mexer, fazer campanhas, trazer clientes”.


“Todos os dias é necessário dar alguns passos que aproximem o teu negócio de uma melhor rentabilidade. De uma coisa você pode ter certeza: a inércia não levará a local algum”, avalia o especialista. Segundo ele, não basta ter um agradável planejamento, é imprescindível assim como exercer aquilo que foi planejado.


“Costumo comparar um novo e-commerce a uma “lojinha” no fundo de uma galeria velha de bairro. Ninguém vai entrar se não houver um excelente incentivo pra isso. É preciso chamar a atenção do comprador, cativar, desenvolver relacionamento”, reconhece. 3. Focar só em produtos: O maravilhoso é que o empreendedor não imagine que está vendendo “apenas” um produto, e sim uma solução para a dificuldade de teu potencial consumidor.


“Você deve trabalhar cada coisa que precise vender como uma ideia, e não como um simples “pedaço” de pano ou de ferro”, explica. Pra ele, o melhor a se fazer é trabalhar estratégias, construir tema e engajar o teu público. “Saia da zona de conforto e irá em procura do teu cliente. Trabalhar Em Casa Na Web é Uma Realidade em tão alto grau valor que ele se irá ver sou grato a adquirir de você.


É desse jeito que as vendas acontecem”, diz. De nada adianta focar no objeto e ficar naquela velha guerra de "preço X preço". 5. Especificações falhas em produtos: “Vender no varejo é sinônimo de desafiar, dia depois de dia, fortes concorrentes que algumas vezes têm o mesmo valor que o seu”, explica Oliveira. “Mas uma maneira bastante simples de escapar da ‘guerra’ de preços é apostar em descrições mais elaboradas e sofisticadas”, diz.


Ele cita como exemplo 3 websites que têm as mesmas imagens, preços e especificações de produtos. No quarto blog, porém, o comprador se depara com um preço semelhante, no entanto com uma definição totalmente diferenciada. “Há todos os detalhes a respeito do objeto, exemplos do que ele é capaz de fazer, fotos de diversos ângulos e dicas de usabilidade. Quem escreveu aquilo obviamente sabe muito do foco e é apaixonado pelo que vende. Neste momento, eu pergunto: de quem você descobre que o consumidor vai obter?

Get rid of the ads (sfw)

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl